Contato: (21) 9 9370-1118 | diego@infointerativa.com

Acertando data/hora no Linux

Para alterar data e hora no GNU/Linux, basta digitar o comando abaixo com seus respectivos valores:
# date mmddhhmmyyyy

O significado de cada conjunto de caracteres é:
    mm: mês
    dd: dia
    hh: hora
    mm: minuto
    yyyy: ano

Depois de digitado o comando com os respectivos valores, digite isso para salvar as alterações (para atualizar também a BIOS):
# clock -w

Obs.: Algumas distros nem precisam mais desse comando.

cef

Problemas com módulo de segurança da Caixa Econômica Federal

cefTive alguns problemas para acessar a minha conta na Caixa Econômica Federal estes últimos dias, e após muita pesquisa e perda de tempo, consegui solucionar através destas informações que vocês podem conferir abaixo.

Basicamente o que é preciso ser feito:

  • Limpar o histórico do seu navegador utilizado para acesso da conta;
  • Instalar a nova cadeia de certificados para a versão do seu navegador;
  • Instalar o módulo adicional de segurança, que foi bastante complicado de encontrar (pelo menos comigo, visto que no site do banco ao clicar em “Concordo” para instalar o módulo, nada acontecia, sendo feita a tentativa em 4 navegadores: Firefox, Chrome, Opera e IE).

Primeiro passo:

Limpar o histórico do navegador.

Segundo passo:

Instalar os certificados.

Você pode conferir neste link da caixa (CLIQUE AQUI) o passo a passo para o navegador desejado. O tutorial deles está bem explicado e não há o que eu comentar sobre está instalação. Leia atentamente o passo a passo.

Terceiro passo:

Instalar o módulo adicional de segurança.

Caso não consiga instalar pelo site, como aconteceu comigo, existe outras duas opções: Através deste link (CLIQUE AQUI) ou através do arquivo que eu consegui achar no site da caixa, no qual fiz um backup no 4shared antes que ele sumisse de lá. Segue ele através deste link (CLIQUE AQUI). Eu consegui através deste arquivo que coloquei no 4shared, só executa-lo e deixar ele rodar os procedimentos (faça isso com todos os navegadores fechados).

Qualquer dúvida, tem umas orientações que também consegui no site da caixa, segue link (CLIQUE AQUI).

Descobrindo informações da Placa-mãe no Linux

Método 1: dmidecode

Procure por “dmidecode” em seus repositórios e instale-o, e se não o encontrar, acesse:
http://www.nongnu.org/dmidecode/

Use o comando:
# dmidecode | more

Método 2: lshw

Procure por “lshw” em seus repositórios, se não o encontrar acesse:
http://ezix.org/project/wiki/HardwareLiSter

Instale o aplicativo lshw.
Use o comando:
# lshw -class system

libreoffice

Programas alternativos ao Microsoft Office

Está em busca de alternativas para o Microsoft Office? Conheça algumas alternativas gratuitas, escolha a sua e desfrute!

libreofficeLibreoffice

O mais conhecido e utilizado. Oriundo do Openoffice e BrOffice, é uma suíte de escritório livre do software livre e de código aberto. A alternativa mais popular e completo, que concorre com o Microsoft Office, que é 100% compatível. Inclui ferramentas processador de texto com capacidade de editar em HTML, planilha eletrônica, editor de gráficos, o programa de banco de dados, ou apresentações do programa em formato slide. Visite a página.

Pode ser instalado na maioria dos sistemas operacionais como o Microsoft Windows, GNU / Linux, Mac OS X, FreeBSD, Solaris, OpenVMS, IRIX e OS / 2.

 

ibmlotussymphonyIBM Lotus Symphony

É um conjunto gratuito de aplicações com processador de texto, planilhas e software de apresentação. Baseia-se no OpenOffice.org. e inclui as ferramentas deste. Ele suporta os formatos OpenDocument padrão e proprietárias do Microsoft Office e Lotus SmartSuite e exportar arquivos PDF.

Suas aplicações podem ser estendidos com vários plugins e pode ser instalado em Linux, Mac OS e Windows. Conheça.
Outros programas alternativos off-line
Outros programas alternativos offline são: Qjot; Koffice, Neo Office, LyX, Atlantis Nova, Jarte, Abi Word, entre outros.

 

Programas Alternativos Online

 

googledocsGoogle Docs

 

Um suíte de aplicativos gratuito baseado na web, planilha, processador de textos e apresentação. Criar e editar documentos online e compartilhá-los com outros usuários façam alterações ao mesmo tempo. Aceita os formatos de arquivo mais comuns, como DOC, XLS, ODT, ODS, RTF, CSV, PPT, etc. Conheça-o. Necessário login do Google.

Zoho

Zoho é uma suíte de escritório online que oferece múltiplas aplicações, mais livres, como processador de texto formatos DOCX, ODF, PDF, Látex, RTF, TXT e HTML mesmo, planilhas, apresentação ou banco de dados. Alguns de seus serviços são sondagens Zoho para a criação de pesquisas online e do site 24×7 para monitorar os sites que você tem. Você também pode convidar outros usuários para colaborar em documentos.

Peepel

Peepel é uma suíte de escritório livre online. Oferece diversos aplicativos e utilitários, além de processador de texto, planilha e calculadora; importar arquivos na maioria dos formatos, ou colaborar com outras pessoas em documentos. Ele também permite que várias janelas e aplicativos abertos na mesma janela do navegador simultaneamente.
Outros programas alternativos on-line
Outros programas alternativos são: Adobe Buzzword, ThinkFree, ajaxWrite, ZCubes, Fly Suites, iNetWord e Writeboard.

livemoucha

Faça Curso de Inglês / Idiomas Online Grátis

Já pensou em aprender inglês em casa, pelo computador e o melhor, grátis? Isso é possível. Abaixo exponho algumas dicas para que isso seja uma realidade na sua vida e no seu dia a dia.
Não é preciso falar nada de que a língua inglesa tem que estar no sangue de quem está no mercado de trabalho, já passou de ser um plus no currículo já faz tempo. Portanto, se você não o tem, já está perdendo tempo e vagas no mercado. Disponha um pouco do seu tempo, estude, leia, ouça, esforçar-se é preciso para conquistar seu espaço.
É possível realmente aprender inglês de graça? Claro! Basta ter muita força de vontade, o querer aprender, tempo de dedicação e disciplina.
Aqui vou citar algumas ferramentas disponíveis para que isso seja uma realidade.

Ferramentas Online para aprendizagem

Separe um pouco do seu tempo e pesquise um pouco na internet e verá diversas ferramentas disponíveis para que isso aconteça, vamos ver algumas:

livemouchaLive Moucha

Hoje uma ferramenta não totalmente grátis, mas que pode se tirar muito proveito do sua opção de bate-papo, no qual você pode conversar com pessoas de diversos países interessadas em aprender o mesmo idioma no qual você quer aprender ou o seu idioma. Este não só oferece o inglês, ele possui uma vasta lista de idiomas no qual você pode estar estudando. Vale apena conhecer e aprender. Caso haja interesse, o investimento para utilizar as outras opções é baixo, no qual é utilizado o sistema de fichas (tokens) para liberar acesso aos itens restritos.

Site Inglês Curso .net.br

inglescurso

Um site com aúdio, vídeo, exercícios online, auxílio de professor e várias outras atividades, isso tudo eles garantem ser 100% grátis.

 

Vale apena conferir o projeto, ele possui também um teste de nível.

Além do curso ser grátis, ele menciona que os patrocinadores do site pode lhe presentear com bônus de R$ 100 e outros valores. Também é possível receber o Certificado de Conclusão de cada nível por e-mail gratuitamente. Visite o site e conheça o projeto.

englishexperts

English Experts

Um excelente site com dicas de gramáticas, fórum, exercícios, dicionários, dicas diversas (possui uma lista com as TOP Dicas) e possui suporte para cursos de outros idiomas. O English Experts é um projeto colaborativo voltado para o aprendizado do inglês, o conteúdo do site é mantido por uma comunidade de professores, estrangeiros e principalmente de estudantes – todos atuando de forma voluntária. Todo o conteúdo do EE pode ser acessado gratuitamente e está dividido em 3 grandes seções: Blog, Fórum e Chat.
Blog
No blog os estudantes tem acesso a pelo menos 1 artigo por dia.
Fórum
O fórum é a área mais movimentada do English Experts, são aproximadamente 20.000 membros inscritos. O fórum é um espaço democrático onde todos têm o direito de enviar perguntas e responder questões de outros usuários.
Chat
O Chat de inglês é o local onde os leitores do English Experts podem se conhecer melhor e trocar mensagens em tempo real. O sistema funciona como um MSN só que totalmente online, não é necessário instalar nada no computador.

voxyVoxy

Contando com uma grande equipe de profissionais, este lhe oferece um início gratuito, mas o seu foco está no sua parte paga, por apenas R$ 18,99 mensais, um baixo investimento no qual você tem a possibilidade de experimentar e quem sabe fazer um baixo investimento e vir a ser a sua ferramenta para estudo de idioma preferido, confira.

E aí, só através destas ferramentas já vou ficar craque no “English”?

A resposta é não. Invista seu tempo em outros métodos. Ouça músicas, veja filmes, enriqueça o seu vocabulário, aprimore sua fala ouvindo bastante e falando. Converse com outra pessoa que já fala inglês e com quem está aprendendo. Se essas pessoas não estão próximas, utilize a internet, através do Skype você pode se comunicar com aúdio e vídeo gratuitamente.
O Google Tradutor oferece além da tradução de palavras e texto, a opção de ouvir a pronúncia. Use e abuse desta ferramenta, com certeza ela será muito útil na sua caminhada para está conquista.
Depois dessas dicas, vou ficando por aqui, até a próxima!

Descompactando arquivos no Linux

Vou listar alguns comandos úteis para o dia-dia pra que utiliza o terminal.

Arquivos zip (instalar o unzip através do apt-get):
$ unzip ARQUIVO

Arquivos rar:
$ unrar ARQUIVO ou
$ rar x ARQUIVO

Arquivos .tar:

$ tar xf ARQUIVO

Arquivos tar.gz:
$ tar -vzxf ARQUIVO

Arquivos tar.bz2:
$ tar -vxjpf ARQUIVO ou
$ tar xjf ARQUIVO

Arquivo bz2:

$ tar bunzip2 ARQUIVO

Arquivos 7-zip:
$ 7z x ARQUIVO ou
$ 7z a archive.7z XYZ/* (compactar os arquivos da pasta XYZ)
$ 7z e archive.7z

Arquivo .tgz:

$ tar xzf ARQUIVO

Arquivo .tbz2:
$ tar xjf ARQUIVO

Como Instalar o Spark no Ubuntu?

Primeiro passo depois do download do arquivo:
1- Vá para o diretório onde você salvou o arquivo.

2- Depois descompacte o arquivo utilizando o seguinte comando:
tar xvfz spark_2_5_8.tar.gz

3- Mova a pasta Spark para uma pasta da sua escolha, por exemplo, “opt”. Para mover a pasta utilize o comando:
sudo mv Spark/ /opt/

4- Para adicionar um atalho do aplicativo no menu “Aplicativos”, clique com o botão direito do mouse em “Aplicativos” e depois clique em “Editar menus”.

5- Seguidamente no separador esquerdo selecione o menu internet e clique em “Novo item”.

6- No campo nome coloque o nome do programa e no campo comando coloque o caminho do executável. No caso: /opt/Spark/Spark e clique em “OK”.

Pronto!

Ubuntu com o visual antigo

Não gostou do visual que o Ubuntu começou a apresentar a partir da sua 10ª versão?

É fácil, apenas instale um complemento para ter a opção do modo antigo.

No terminal, instale-o com o seguinte comando:
#apt-get install gnome-session-fallback

Pronto, reinicie e na hora de fazer o login, verifique próximo ao nome do usuário uma engrenagem com a opção “GNOME CLASSIC”.

Erro no phpmyadmin do Xampp

Erro clássico ao tentar acessar o phpmyadmin do Xampp:

Bem vindo ao phpMyAdmin

Erro
Mensagens do MySQL :

Não pode conectar: configurações inválidas.

phpMyAdmin tentou se conectar no servidor MySQL e a conxão foi recusada. Você deve checar o servidor, nome de usuário e senha no config.inc.php e se certificar que correspondam com as informações fornecidas pelo administrador do servidor MySQL.
SOLUÇÃO:

Abra o arquivo config.inc.php com qualquer editor de texto, dreamweaver…

1 – Vá até a linha

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘host’] = ”;
Ponha localhost, pois o acesso é local.
Ficando assim:

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘host’] = ‘localhost’;
2 – Va até a linha

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘controluser’] = ”;
Ponha root, o usuário de acesso ao seu Banco de Dados.
Ficando assim:

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘controluser’] = ‘root’;
3 – Va até a linha

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘controlpass’] = ”;
Ponha a senha de acesso ao seu Banco de Dados.
Ficando assim:

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘controlpass’] = ‘suasenha’;

Eu não sei se a conexão é aí ou logo abaixo, por segurança siga as próximas etapas

4 – Va até a linha

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘user’] = ”;
Ponha root, o usuário de acesso ao seu Banco de Dados.
Ficando assim:

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘user’] = ‘root’;
5 – Va até a linha

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘password’] = ”;
Ponha a senha de acesso ao seu Banco de Dados.
Ficando assim:

CODE
$cfg[‘Servers’][$i][‘password’] = ‘suasenha’;

Salve o arquivo e feche.
Deverá abrir o PHPMyAdmin corretamente.

Instalando o Webmin no Ubuntu Server

Edite o arquivo /etc/apt/sources.list, inserindo as seguintes linhas:

deb http://download.webmin.com/download/repository sarge contrib
deb http://webmin.mirror.somersettechsolutions.co.uk/repository sarge contrib

Próximo passo:

apt-get update
apt-get install webmin

Pronto, para acessar, endereço do servidor, mais a porta 10000.
Ex.: http://webmin.teste.br:10000